Uncategorized

Limpeza de pisos para todos os tipos

BLOG-EKASA-15-05-18

A limpeza de pisos não tem uma fórmula mágica que funciona em todas as ocasiões e para todos os tipos de revestimentos. Na verdade, cada material possui características únicas e precisa de um cuidado personalizado para evitar arranhões e manchas.

Ah, mas além desses problemas que podem surgir, a limpeza de pisos personalizada garante que a sujeira saia com mais facilidade e que você não trabalhe demais na hora de limpar a casa.

Chega de sofrer esfregando o dia inteiro aquela mancha que não sai de jeito nenhum! Neste artigo, trazemos dicas para que você as remova rapidinho e sem estragar o piso.

Vamos lá?

Pisos de cerâmica

A limpeza de pisos de cerâmica é de longe a mais fácil. Como o piso é liso e não absorve muito a água graças ao esmalte por cima das peças, as manchas são bem raras.

 

O maior problema, porém, são os arranhões no esmalte e as reações que alguns químicos podem ter com o esmalte. O sabão em pó, por exemplo, causa uma reação que acaba deixando as placas cerâmicas com aspecto turvo, como se elas estivessem embaçadas.

Então como limpar?

O melhor mesmo para limpar pisos de cerâmica é usar um pano macio, se possível de algodão, e limpar com água e um desinfetante para deixar o cheiro. Não use produtos muito fortes! A sujeira na cerâmica sai muito fácil, eles não são necessários.

De todos os materiais na limpeza de pisos, os pisos de cerâmica são os mais lisos e os menos impermeáveis. Assim, se você usa algum produto, jogue a mistura no chão e passe um primeiro pano para tirar a sujeira, um segundo com água para o enxágue e um terceiro seco para retirar toda a umidade.

Essa forma de limpar impede que o piso fique “pregando” e com um cheiro desagradável. O melhor, na verdade, é aplicar o desinfetante com cheiro também no final, apenas algumas gotas, para que o cheiro fique na casa toda.

Limpeza de pisos de ardósia

A ardósia é um piso que já teve muito mais adesão do que hoje, especialmente quando as cerâmicas eram mais caras devido à baixa produção nacional.

Limpeza de pisos

Hoje em dia já é um pouco mais difícil encontrar pisos de ardósia em casas mais novas, mas nas mais antigas esse modelo é bem popular. Sendo uma pedra esmaltada, a ardósia não absorve tanta água, mas tem um percentual maior do que a cerâmica. O melhor, então, é evitar muita água.

Então como limpar?

Na limpeza de pisos, a ardósia não é um material que aguenta produtos fortes demais.

O melhor mesmo é passar o aspirador antes, encher um balde com água e detergente neutro e aplicar na superfície. Uma vez que você passa o primeiro pano, o segundo mais úmido para o enxágue deve vir bem rápido, para evitar que a pedra absorva a água.

É uma boa ideia passar dois ou três panos secos ao invés de só um, tirando toda a umidade do piso.

Limpeza de pisos de madeira

A madeira é o piso que mais sofre com água. A sua absorção é muito grande, sendo que você precisa tomar bastante cuidado na limpeza de pisos para não deixar a água sobre ela por muito tempo, mesmo uma fina camada.

Limpeza de piso

O problema da madeira é que o contato constante com a água faz com que ela apodreça muito rápido, perca sua cor e se quebre facilmente. Evite esses problemas com uma limpeza de pisos eficiente mas não exagerada em água.

Então como limpar?

Passe um aspirador de pó por toda a superfície antes de começar a limpar, ou uma vassoura bem macia para evitar arranhões.

Mesmo se a sua madeira tiver impermeabilizante, é melhor não abusar na água. Passe um pano úmido e evite produtos muito agressivos, pois eles acabam retirando a camada protetora e deixando a madeira exposta aos elementos.

Se você quiser um cheirinho, aplique o produto e dilua com bastante água!

O que você achou das nossas dicas? Já sabe o que usar em cada ambiente? Para continuarmos o assunto, não deixe de acompanhar o Ekasa nas redes sociais, sempre soltamos novos conteúdos no Facebook e no Instagram.

Até a próxima!

Deixe um Comentário